Presidente da câmara de Granjeiro assume direção do município pela segunda vez

O presidente da Câmara Municipal, Luiz Márcio Pereira (PMN), assume na tarde desta quarta-feira, 15, às 16 horas, a Prefeitura do Município de Granjeiro. A posse acontece após a prisão do prefeito, Ticiano Tomé, por envolvimento no assassinato de João Gregório Neto, o João do Povo, ex-prefeito do município distante 442,2 km de Fortaleza.

É a segunda vez que o vereador assume o cargo interinamente. No dia 17 de fevereiro, Ticiano Tomé foi afastado do cargo após votação no Plenário da Câmara de Granjeiro. A sessão foi transmitida ao vivo pelas redes sociais da Casa. Tomé já estava sendo denunciado por infrações político-administrativas.

Contudo, após determinação judicial, o prefeito retornou ao cargo. Marcinho, como é conhecido o presidente da Câmara, ficou em exercício apenas por 24 horas. Conforme a decisão judicial, proferida pelo juiz Marcelo Wolney Alencar Pereira de Matos, o afastamento de Ticiano Tomé “feriu dispositivos legais e princípios da administração pública” e é “nulo de pleno direito”.

No dia 20 de maio, a sessão legislativa que votaria a cassação do prefeito foi suspensa por decisão liminar concedida pelo juiz Judson Pereira Spindola Junior, da Comarca de Caririaçu. Se tivesse ocorrido a votação, a maior probabilidade era de que o mandato do atual prefeito fosse cassado, já que o plenário é composto por nove vereadores, dos quais seis são oposição.

Após a decisão que beneficiou o gestor, ambulâncias da Prefeitura circularam pelos arredores da praça principal do Município com sirenes ligadas, o que estimulou aglomeração de pessoas, de acordo com videos repassado ao O POVO pelo vereador Marcio Pereira. Prefeitura negou envolvimento na carreata. No vídeo, um dos moradores da cidade aparece soltando fogos com a passagem dos carros.

Justiça cancela sessão que decidiria sobre cassação do prefeito de Granjeiro

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *