Governo anuncia transferência de líderes de facções para presídios federais

O governador Camilo Santana (PT) anunciou na tarde desta terça-feira, 24, que lideranças de facções criminosas serão transferidas para presídios federais. O departamento penitenciário nacional já autorizou as vagas. O anúncio ocorreu após reunião na cúpula da segurança pública.

A determinação da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) é uma decisão preventiva e tática. A transferência de 257 presos das unidades da Pacatuba, Quixadá e CTOC ocorre como uma forma de prevenir problemas no funcionamento do sistema prisional.

Na ocasião, Camilo afirmou que conversou com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, sobre necessidade de reforço de tropas federais no Ceará. A nível estadual já estão sendo feitas parcerias com a Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Ministério Público, guarda municipal e a Autarquia Municipal de Trânsito para intensificar o combate aos crimes. Além disso, blitze e ações serão realizadas em todos os municípios cearenses.

Ainda na ocasião, Camilo afirmou que o governo não irá “arredar um milímetro para combater o crime organizado no Ceará”. “Nossa determinação é intensificar as operações. Nossas forças policiais têm combatido essas ações e prendido esses bandidos, já são mais de 30. Todos os bandidos serão presos e punidos dentro da lei”, declarou.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *