Fortaleza bate São Paulo por 3×1, embolsa R$ 7,3 mi e vai às semifinais da copa do Brasil

O time do Fortaleza Esporte Clube, mais conhecido como o leão do pici, treinado pelo argentino Juan Pablo Voyvoda, mais uma vez se impôs diante do São Paulo e aproveitou o mando de campo e, na arena Castelão ( sem torcida )despachou o tricolor do morumbi das disputas da Copa do Brasil e garantiu vaga nas semifinais do milionário torneio. Os primeiros minutos da partida tiveram o domínio do clube paulista, mas foi do Fortaleza a primeira chance real de gol num lançamento de Crispim que chegou na medida para finalização do lateral direito Iago Pikachu. A Bola passou rente à trave. Logo em seguida, o mesmo Pikachu pegou um rebote e quase marca arrancando suspiros da inflamada torcida do leão. Por volta dos 20 minutos, o volante Ronald, uma das surpresas da escalação do Leão para o jogo, desarmou uma trama da defesa do time paulista e livre de qualquer marcação, da entrada da área, disparou um verdadeiro míssel decretando a abertura do placar. A bola passou por baixo do fraco goleiro Tiago Volpi, frangaço. Fortaleza 1×0.    Depois, aos 36 minutos, um lançamento longo do veterano zagueiro Miranda a bola foi encontrar Rigoni que, cara a cara com o goleiro Felipe Alves, desperdiçou a oportunidade de determinar igualdade no placar no Castelão. Aliás, a bem da verdade, Felipe Alves praticou uma monumental defesa. A primeira etapa terminou com 1 0x 0 no placar a favor do tricolor da garotada. Na volta para a segunda etapa, o Fortaleza pisou no gramado da arena Castelão com a faca nos dentes. O seu treinador colocou em campo os atacantes David e o chileno Henriquez, responsáveis pelo fechamento do caixão do tricolor do morumbi. Mais uma eliminação do time paulista. Moral da história: Fortaleza 3×1. Classificado para as semifinais da copa do brasil onde vai enfrentar o Atlético Mineiro em jogo que, além de tudo, terá sabor de revanche, já que no último encontro entre ambos saiu vencedor o time das minas gerais que deixou o gramado do castelão com uma vitória de 2×0 sobre o leão. Fica a lição: quem tem medo de perder não ganha e quem joga de maneira vertical, como o Fortaleza, estará sempre mais perto da vitória. E se o Pikachu tivesse aproveitado aquelas duas primeiras chances de marcar? Estaríamos contando agora uma história de uma sonoro e expreptosa goleada do Fortaleza sobre o bi campeão mundial do saudoso e inesquecível Telê Santana. Que saudade!

Please follow and like us:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *