Enderson Moreira pede demisão e Ceará Sporting Clube contrata Guto Ferreira

Tudo ocorreu muito rápido na noite, quase madrugada, desta terça-feira, 17 de março.

Após receber proposta financeiramente bastante alta do Cruzeiro (que demitiu Adilson Batista recentemente), o técnico Enderson Moreira, que é mineiro, avaliou e pediu demissão do Ceará. Foram 10 jogos no comando do time em 2020, com seis vitórias e quatro empates, mais de 70% de aproveitamento dos pontos.  A multa para Enderson sair do Alvinegro estava estipulada em R$ 300 mil.

A diretoria do Ceará, que internamente não acreditava na saída de Enderson, não perdeu tempo e, ágil – e após contatos telefônicos – anunciou Guto Ferreira, 54 anos, como substituto. O contrato discutido vai até dezembro de 2020.

O treinador, nascido em Piracicaba, interior paulista, tem passagens por Internacional, Bahia, Portuguesa, Figueirense, Sport, Chapecoense e Ponte Preta, entre outros clubes. Já foi campeão catarinense, baiano e da Copa do Nordeste.

O Ceará está de recesso em função da paralisação do futebol brasileiro por causa dos efeitos do novo coronavírus. As atividades no clube estão suspensas até o fim do mês, pelo menos.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *