Ceará precisa de 10 minutos para virar sobre o Bahia em Pitiaçú; Luiz Otávio, um gigante

Ceará teve muitos problemas no Campeonato Brasileiro e a situação ainda está longe de ser tranquila, mas a vitória por 2 a 1 sobre o Bahia foi justa, refletindo um time que não desistiu e lutou até o último minuto.

O futebol não é feito de justiça, mas o revés seria iníquo. Pelo primeiro tempo, nem tricolores nem alvinegros construíram argumentos para o resultado positivo, mas, pela segunda etapa, o Vovô não merecia sair derrotado.

Em que pese o gol de Artur Victor, aos 31 minutos (mais um em bola aérea, o que é um problema latente), o Alvinegro mostrou maturidade, poder de reação e eficácia que lhe faltou em outras oportunidades para empatar e virar com Luiz Otávio, aos 40 e aos 49 minutos.

O zagueiro é um gigante na acepção da palavra. No alto de seu 1,90m, mostra segurança, precisão e senso de posicionamento que impressiona. É o melhor jogador do atual elenco e figura facilmente entre os principais defensores do Brasil.

O problema do CEP pode dificultar tal análise para alguns, mas não para quem o acompanha de perto e vê seu desempenho desde 2017 com a camisa preto e branca.

Além de toda capacidade técnica, é diferenciado por fazer valer o hino do clube ao relembrar que a glória do Ceará está em lutar. Se tem um jogador que merecia os dois gols na virada era o camisa 13.

A atuação do alvinegro, que teve também Felipe Baxola e William Oliveira como outros destaques, foi fruto de um time que não aceitou a derrota e lutou até o fim.

Muito disso porque o técnico Adilson Batista (que teve sua melhor partida no comando do Vovô) entendeu que não dava pra aceitar a derrota e precisava colocar o time pra frente.

Quando o fez, o volume de jogo e o protagonismo foram totalmente do Ceará, que tem qualidade pra isso. Prova é que encurralou o Bahia.

E é isso que o torcedor quer ver. Um time que tem seus defeitos e suas limitações, mas não aceita derrotas e não se entrega.

O Ceará segue muito vivo.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *