Ceará bate o flamengo, por 2×0, no maracanã, e Guto Ferreira credita o triunfo a muita aplicação tática

“Vitória de muita aplicação tática”, assim definiu o técnico Guto Ferreira a vitória do Ceará diante do Flamengo. Não à toa. Fora de casa, o Alvinegro de Porangabuçu cedeu a posse da bola para o adversário, mas o anulou taticamente com linhas de marcação bem definidas e, trabalhando em contra-ataque com velocidade, saiu vitorioso do Maracanã neste domingo, 10.

Em coletiva cedida após o jogo, o treinador do Vovô fez a leitura pessoal da partida. “O Flamengo iniciou o jogo dando um pouco de espaço. A nossa equipe entrou muito bem na partida e tomou conta, começou a ditar o ritmo do jogo e fez o gol cedo. A partir daí conseguimos manter o controle do jogo. A partir dos 25 minutos, eles começaram a nos empurrar, mas a gente atuava com solidez”.

Guto explicou que uma das questões que desgastaram o time alvinegro, no decorrer da partida, foi o calor local. Enquanto os atletas de Flamengo e Ceará corriam, os relógios térmicos marcavam 31° graus em solo carioca. Entretanto, o técnico soube como renovar o gás do seu time.

CEARÁ: Guto Ferreira exalta vitória sobre o Flamengo: “Fomos extremamente competitivos e saímos com um grande resultado”

“Estava muito quente e nossos atacantes foram se desgastando. A bola passou a não ficar muito na frente e o Flamengo começou a sair (para o jogo), mas não entrava (no campo ofensivo). Nossa zaga fez uma partida estupenda, muito sólida. No segundo tempo, é um time muito técnico, não deixávamos eles entrarem, mas não tínhamos a bola, pois foi um desgaste muito grande. Assim houveram as mudanças e estruturamos de vez. Eles começaram a rodar a bola, mas não conseguiam entrar. Tiago acabou saindo, colocamos o Klaus e tivemos a força de matar o jogo. Vitória de muita aplicação tática. A equipe soube sofrer na partida, foi competitiva e sai daqui com um resultado construído graças ao grupo dentro de campo”, explanou.

LEIA TAMBÉM > Vina exalta planejamento do Ceará após triunfo diante do Flamengo

O resultado causou muito ânimo na torcida e no clube, já que aproxima o time da meta principal de permanecer na Série A e o coloca em posição para brigar por classificação em torneios internacional. Sobre o assunto, Guto preferiu adotar um discurso de cautela.

“Não adianta olharmos lá para frente. Temos sonhos, mas estamos próximos da manutenção, vamos olhar por ela, faltam seis pontos faltando nove jogos. Depois, vamos brigar por uma vaga na Sul-Americana. Se a gente conseguir resultados como o de hoje mais vezes, quem sabe não conseguimos algo maior? O mais importante é nos sustentarmos na manutenção e depois na Sul-Americana. O que vier depois é cereja do bolo”, anotou.

Os créditos da vitória no Maracanã

Guto Ferreira é um dos grandes responsáveis pela vitória do Ceará diante do Flamengo no Maracanã, afinal, foi o esquema tática proposto pelo técnico que levou o time a triunfar. Porém, o treinador nega os créditos do triunfo somente para si.

“Não é só as ideias que eu coloco, mas as ideias que discutimos dentro do clube entre todos. Isso faz o jogador perceber que o todo é maior que o eu. Quando o todo vence, todo mundo vence. Sempre há os que se destacam mais, mas esses acabam puxando os outros a aparecerem mais. Eles querem isso, fazer história”, falou Guto.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *