73% dos brasileiros apoiam medidas severas contra novo coronavírus

As medidas contra o coronavírus tomadas por governadores do País são aprovadas por ampla maioria da população brasileira. Mesmo as decisões mais severas, como proibição de circulação e fechamento de comércios, por exemplo foram bem recebidas por 73% dos entrevistados, segundo levantamento do Datafolha.

> Brasil soma 1.128 casos de Covid-19
> Ceará chega a 84 infecções pelo novo coronavírus

O instituto de pesquisa ouviu 1.558 pessoas por telefone, entre a quarta (18) a sexta-feira (20). A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou menos.

Os que concordam com a suspensão de aulas chegam a 92%. A proibição de viagens internacionais é benquista por 94%. E 91% aprovam a interrupção nos campeonatos de futebol do país. Já o fechamento de fronteiras é apoiado por 92%.

Entretanto, o impedimento para o funcionamento de comércios dividiu mais os brasileiros. São 46% a favor, 33% contra e 21% aprovam parcialmente.

A recomendação para suspender celebrações religiosas, apesar da resistência de alguns líderes de igrejas, é aprovada por 82%.

No caso do isolamento das pessoas em casa, apesar da aprovação de 7,3 entre cada 10 entrevistados, a medida é rejeitada por 24%. Outros 2% se dizem indiferentes.

Para 86%, deixar de ir a bares e restaurantes é correto. A recomendação para evitar reuniões em casa tem o apoio de 76%.

INFORMAÇÃO

Praticamente todos os entrevistados (99%) disseram ter conhecimento do assunto. 72% deles se dizem bem informados. Outros 24% entendem da questão de forma mediano e outros 3% se disseram desinformados.

Os que dizem ter medo se serem infectados com o novo coronavírus chegam a 74%. Destes, 36% afirmaram ter muito medo e 38% apenas um pouco. As mulheres são as mais preocupadas (44%). Os homens que dizem ter muito medo são 35%.

São 97% os que dizem que estão tomando precauções para evitar a infecção. Destes, 63% afirma lavar mão e rosto, e 59% buscam o isolamento social, 46% usam álcool em gel e 25% evitam aglomerações.

OUTROS NÚMEROS DA PESQUISA

37% pararam de trabalhar
55% deixaram de ir a aulas
76% interromperam atividades de lazer
46% não saem de casa
10% tiveram alguma dificuldade para comprar alimentos
14% tiveram alguma dificuldade para comprar remédios

SITUAÇÃO DO CEARÁ

Até o momento, pelo menos cinco municípios têm casos comprovados da Covid-19. Fortaleza concentra a grande maioria de pacientes, com 76 pessoas infectadas. Também há a presença do novo coronavírus em Aquiraz (4), Sobral (1), Fortim (1), Juazeiro do Norte (1), além de um residente em São Paulo identificado com a doença no Ceará.

Dentre os infectados pela doença, há autoridades como o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, assim como a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela. Ambos estão em isolamento domiciliar e sendo acompanhados por especialistas.

Um levantamento preliminar da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covis), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Fortaleza, revela que o novo coronavírus havia chegado a 19 dos 121 bairros da Capital até as 17h desta sexta-feira (20), quando a cidade ainda tinha 51 casos confirmados. O número corresponde a 15,7% dos bairros da cidade e indica aqueles que confirmaram pelo menos uma ocorrência.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *