Programa Dentro e Fora da Lei - ao vivo a partir das 9:45 da manhã,

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Emoção até o último minuto. O Ceará passou longe de fazer uma partida perfeita. Entretanto, mostrou poder de superação diante do Floresta. Após estar perdendo por 2 a 0, o Vovô foi buscar o empate no fim do jogo de ida pela semifinal do Campeonato Cearense, na noite desta quarta-feira, 27, no estádio Domingão, em Horizonte.

Com a igualdade no placar, o Alvinegro do Porangabuçu joga por novo empate na partida de volta, no Castelão, para garantir vaga na final do estadual. A vantagem do Ceará é por conta que a equipe teve a melhor campanha na fase classificatória. Os gols da peleja foram marcados por Renê e Tavares para o Floresta e Samuel Xavier e Thiago Carleto para o Ceará.

O Alvinegro dominou a posse de bola nos 45 minutos iniciais, mas não foi efetivo nas finalizações. Explorando o lado direito, o Ceará buscava furar a marcação do adversário na parceria de velocidade com Samuel Xavier e Leandro Carvalho. O Floresta se fechava defensivamente, com todos os homens atrás do meio de campo, e apostava em contra-ataques rápidos.

Neste panorama, a melhor jogada do Vovô saiu de um chute de fora da área de Leandro Carvalho, mas Carlão espalmou para escanteio. O centroavante Ricardo Bueno, que vinha de dois jogos marcando gols, se apresentava com frequência e arrematou duas bolas pra fora.

Na recomposição, a defesa do Ceará mostrava falhas e dava espaço para o rival, principalmente do lado esquerdo, onde joga Carleto. No fim do 1º tempo, o Verdão da Vila Manoel Sátiro, que não havia dado uma finalização, chegou ao seu primeiro arremate com Zé Carlos, de longa distância. Richard espalmou e Bryan, livre na ponta direita, aproveitou para tocar para Renê balançar as redes. Lisca reclamou bastante de um toque no braço de Bryan no início da jogada do gol.

Na 2ª etapa, o jogo ganhou emoção. O Ceará se lançou ainda mais ao ataque, enquanto o Floresta seguiu com a estratégia de contragolpe. O duelo ficou aberto. No cinco minutos iniciais, o Verdão chegou perto de ampliar o placar em três lances perigosos.

Para tentar o empate, Lisca colocou Wescley no lugar de Ricardinho, ganhando o apoio da torcida descontente com a apresentação do camisa 8. Após os sustos iniciais, o Ceará conteve as investidas do adversário e passou a pressionar. Ricardo Bueno desperdiçou chance na marca do pênalti ao ver a finalização parar em defesaça de Carlão.

Os comandados de Lisca tinham dificuldade no último passe. O time ainda chegou a balançar as redes com Tiago Alves, de cabeça após escanteio, mas o juiz apitou falta do zagueiro. Na bola parada, Thiago Carleto incomodava, porém Carlão mantinha o zero no placar do Floresta.

O Verdão, até então só se defendendo, esperou o momento certo para contragolpear e foi certeiro. Em mais um contra-ataque rápido, Tavares, de cabeça, ampliou.

O Ceará não se abalou e seguiu atacando até diminuir com Samuel Xavier. Na reta final, empurrado pela torcida, Thiago Carleto, que falhou na marcação do primeiro gol do Floresta, se redimiu e marcou o gol de empate, dando números finais ao duelo e levando o torcedor presente no Domingão ao delírio.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

A surfista Luzimara Souza, atual campeã do estado do Ceará na sua modalidade, morreu na manhã desta quarta-feira (27) após ser atingida por um raio enquanto praticava o esporte. O fato ocorreu na Praia da Leste-Oeste, bairro Jacarecanga (na zona Central de Fortaleza) apontado como um dos dois melhores pontos do litoral da Capital apara a prática do surfe.

Luzimara e um colega ficaram gravemente feridos ao serem atingidos por um raio durante a forte chuva, acompanhada de trovões e relâmpagos, que caiu em Fortaleza. Os dois jovens estavam no mar quando foram atingidos pela forte descarga elétrica.

Outros praticantes do esporte realizaram o socorro aos dois colegas. Luzimara, em estado considerado mais grave, foi retirada do mar antes do rapaz. Segundo relato de amigos, em seu corpo havia marcas de queimaduras.

Já o rapaz desmaiou ainda na prancha e, por muito pouco não foi tragado pela maré. Os colegas de esporte o resgataram até a areia e pediram socorro por telefone ao Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e a bombeiros do Núcleo de Busca e Salvamento (NBS), cujo quartel fica na Avenida Leste-Oeste, a poucos metros do local onde ocorreu o incidente.

Segundo os surfistas que ali se encontravam, esta foi a primeira vez que um raio cai naquela praia e atinge os praticantes do esporte.

Os dois feridos foram encaminhados ao Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro). A campeã não resistiu. O corpo dela será encaminhado, logo mais, para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Uma colisão entre um caminhonete Hilux e um ônibus deixou pessoas feridas na noite desta terça-feira (26), na Rua Eduardo Perdigão, no bairro Parangaba, em Fortaleza. Testemunhas relataram que o homem estava fugindo da mulher, que o perseguia em um outro veículo, para evitar flagrante de traição. Ele estaria com a amante e um outro rapaz dentro do automóvel.

Ainda conforme testemunhas, após o acidente, a esposa desceu de seu carro e disse que ela e o motorista da caminhonete, que seria seu marido, tiveram uma briga antes de tudo acontecer.

O motorista do veículo Hilux teria avançado a preferencial e batido em um ônibus da linha 350 Novo Maracanaú, durante a perseguição de sua esposa. O condutor e os passageiros da caminhonete ficaram feridos e foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Cerca de 20 pessoas estavam no coletivo no momento do acidente e algumas tiveram ferimentos leves.
Por conta do acidente, um trecho da Rua Eduardo Perdigão foi bloqueado, provocando congestionamento na região. Uma equipe da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC) está no local para controlar o trânsito.

Por conta do risco de incêndio no veículo, o Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado para ir ao local.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

O Ceará fez a melhor campanha da 2ª Fase do Estadual, liderando invicto, e chega com vantagem de dois resultados iguais nas semifinais. Tudo isso seria suficiente para conceder um favoritismo ao Vovô em dois jogos contra o Floresta, com o primeiro duelo sendo hoje, às 21h30, no Estádio Domingão, em Horizonte.
Mas o Vozão encara o confronto com máxima seriedade, em respeito ao feito do Floresta de já estar entre os quatro melhores do Estadual, para evitar ser surpreendido.

O técnico Lisca tratou logo de pregar respeito ao Verdão, apesar do favoritismo alvinegro. “O Ceará tem um histórico muito forte de chegar e ser campeão do Cearense, são 45 títulos. Será um grande desafio pra gente, com quatro equipes muito interessadas em conquistar o título. Temos uma pequena vantagem de jogar por dois resultados iguais, mas tudo o que passou não entra em campo. Temos que fazer grandes jogos contra o Floresta, respeitar demais”.

A vantagem alvinegra prevista no regulamento é simples: se vencer um jogo e perder o outro pelo mesmo saldo de gols, o Alvinegro avança, assim como dois empates, sem o critério dos gols fora de casa.

Por isso, um bom resultado no Domingão como visitante seria praticamente encaminhar a classificação, levando uma vantagem ainda maior para o jogo no Castelão no dia 10 de abril.
No encontro anterior na 2ª fase, o Ceará goleou o Floresta por 4 a 0, na Arena Castelão, atuando com um time reserva. O zagueiro Valdo, acredita que a equipe não terá a mesma facilidade.
“Agora é totalmente diferente. A equipe deles evoluiu. Temos que respeitar o Floresta. Ainda assim, na nossa cabeça é de entrar para vencer, Lisca cobra sempre isso da gente”.

Após a vitória contra o Santa Cruz, por 2 a 1, pela Copa do Nordeste, no último sábado, Lisca tirou conclusões da atuação alvinegra e modificará a equipe, deixando o time mais rápido no ataque, saindo Chico e retornando Leandro Carvalho, além de Ricardo Bueno ganhando a vaga de Roger após marcar o gol da vitória.
“O Bueno há pouco tempo não valia, mas fez dois gols na quarta contra o Ferroviário e outro no sábado contra o Santa Cruz. É mais fácil depois dos resultados. Tivemos uma conversa boa e o Roger ainda vai fazer muito pelo Ceará. Talvez não saia jogando agora (contra o Floresta), mas tem muito potencial para nos ajudar”.

Franco-atirador
O Floresta foi o 4º colocado da 2ª fase, com 10 pontos, classificando-se mesmo com derrota para o Fortaleza na última rodada. Naquela partida, o Floresta foi superior e poderia ter eliminado o Tricolor.
Animado com a classificação e o desempenho contra um favorito ao título, o Floresta espera surpreender o Ceará. “Estamos encarando esse jogo como uma final. Temos dois grandes jogos com o Ceará, sabemos das dificuldades. A gente já mostrou contra outros clubes que temos capacidade de se comportar bem. Nossa expectativa é muito grande”, relatou o zagueiro Regineudo.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

O Ceará voltou a campo neste sábado, 23, para enfrentar o Santa Cruz na Arena Castelão, em partida válida pela sétima rodada da COPA DO NORDESTE. O Alvinegro encontrou um inspirado goleiro Anderson pelo caminho, mas mesmo assim, conseguiu superar o adversário duas vezes e vencer por 2 a 1, de virada, os pernambucanos. Ricardo Bueno e Thiago Carleto fizeram para os anfitriões e Bruno Ré marcou para os visitantes.

Com a vitória, o Vovô dorme líder do Grupo B, agora com 15 pontos ganhos. O Botafogo-PB, com quem disputa a liderança da chave, só joga neste domingo, 24. O Santa Cruz, por outro lado, não conseguiu assumir a liderança do Grupo A e garantir classificação antecipada. Termina o dia em segundo, mas pode ser ultrapassado pelo Salgueiro.

PUBLICIDADE

Pela Copa do Nordeste, o Ceará volta a campo no próximo sábado, 30, quando viaja para Pernambuco para enfrentar o Salgueiro. Antes disso, enfrenta o Floresta, na próxima quarta-feira, 27, pela partida de ida das semifinais do Campeonato Cearense. O Santa Cruz também joga no meio de semana, na quarta, contra o Afogados, pelas quartas de final do Estadual. Pelo Nordestão, enfrenta o Confiança no sábado, 30, em casa.

O JOGO

O primeiro tempo começou com o Santa mostrando que viria para atacar. Os visitantes tiveram três boas chances nos dez minutos iniciais, começando com Augusto, que recebeu bola em profundidade e tentou encobrir o goleiro Richard, que conseguiu fazer a defesa e evitar a abertura do placar.

A segunda oportunidade foi em cruzamento rasteiro para a área, que acabou sendo afastado por Fabinho. Na cobrança de escanteio na sequência, o lateral-esquerdo Bruno Ré subiu mais que todo mundo e cabeceou para o fundo das redes, movimentando o placar pela primeira vez no Castelão.

Depois disso, o Ceará tomou as rédeas do jogo e conseguiu evitar que o Santa Cruz chegasse com outras oportunidades de perigo. E o empate não saiu por falta de chances criadas, não. O Alvinegro criou, mas as finalizações não estavam sendo eficientes, principalmente as do Roger. O atacante, que vem sendo contestado, teve a igualdade nas suas mãos, quando, sozinho, cabeceou para a meta, mas o goleiro Anderson fez boa defesa.

No segundo tempo, Lisca colocou Ricardo Bueno e Wescley nos lugares de Roger e Ricardinho, respectivamente, e isso alteraria o destino do jogo. A postura do Ceará mudou e o Vovô foi a campo com mais confiança, nem parecendo que estava atrás do placar naquele momento. Até porque aos cinco minutos da etapa, Thiago Carleto cobrou falta forte de longe e venceu o goleiro Anderson, que vinha pegando tudo. Depois daí, a partida deu uma esfriada.

O Ceará, porém, não desistiu de ir buscar a virada. Ricardo Bueno teve um gol mal anulado e uma cabeçada à queima-roupa defendida por Anderson. Mas, aos 40 minutos, Wescley lançou o camisa 99 em contra-ataque rápido e o atacante, depois de bela jogada individual, deixou o marcador no chão e bateu com categoria para virar a partida no Castelão. O tento deu números finais no jogo.

Copyright © 2019 Você por dentro de tudo. Todos os direitos reservados.
Partner by Joomla Perfect Templates