Programa Dentro e Fora da Lei - ao vivo a partir das 9:00 da manhã,

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Em sua primeira partida sem o treinador Rogério Ceni, que acertou com o Cruzeiro, o Fortaleza se superou na noite desta segunda-feira (12), na vitória sobre o CSA, por 2 a 0, em pleno estádio Rei Pelé, em Maceió, no complemento da 14ª rodada do Brasileirão.

Com a vitória sobre a equipe alagoana, que não ocorria há 18 anos, o Fortaleza entrou para o grupo da Sul-Americana, ao ocupar a 12ª colocação na tabela de classificação, a melhor desde que iniciou a competição.

Bruno melo, aos 5 minutos, e Edinho, aos 37 minutos, ambos no primeiro tempo, marcaram os gols do Leão.

O Fortaleza volta a campo no sábado (17), no Castelão, diante do Internacional.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

O dia hoje é de mobilização. Trabalhadores e movimentos sociais de todo o Brasil deverão ir às ruas pleiteando mudanças na reforma da Previdência e paralisação do contingenciamento de recursos para a Educação. Em Brasília, mulheres do campo estarão se preparando para a Marcha das Margaridas, evento que reúne trabalhadoras rurais em busca de direitos.

A concentração do protesto organizado pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Fortaleza ocorrerá na Praça da Gentilândia, no Benfica, às 8 horas. "Em Fortaleza mobilizamos cerca de 100 mil participantes. Trabalhadores do campo e da cidade, estudantes e professores, principalmente", afirma o secretário de comunicação da CUT Ceará, Emanoel Lima. Conforme ele, cerca de 60 entidades da Frente Brasil Popular e da Frente Povo Sem Medo participarão do ato.

As pautas mais específicas destacam a necessidade de ir contra pontos da reforma da Previdência, já aprovada na Câmara dos Deputados e em tramitação no Senado. Exemplos delas são: manter o cálculo atual das aposentadorias pela média de 80% dos maiores salários de contribuição; excluir o dispositivo que permite pagamento de pensão por morte de valor inferior a um salário mínimo caso o beneficiário tenha outra renda; e aumentar o tempo de contribuição para o trabalhador rural.

"A proposta é continuar pressionando o Congresso, os senadores, para reverter perdas. E ainda mostrar para a sociedade quem foram os 11 deputados (cearenses) que votaram a favor da reforma", destaca Emanoel. Ele pondera que muitos desses deputados se candidatarão a cargos nas eleições municipais em 2020 ou apoiarão candidatos. "Queremos mostrar quem são para que a classe trabalhadora não votem", frisa.

Em Brasília, cerca de duas mil mulheres cearenses farão parte da Marcha das Margaridas. A manifestação existe há quatro anos e traz em seu nome o mesmo de Margarida Maria Alves, trabalhadora rural assassinada em 1983 na Paraíba. A presidente interina da Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares do Ceará (Fetraece), Cícera Costa, conta que o momento é de pedir respeito ao Nordeste.

"Queremos a retomada da democracia, dizemos não a todas as formas de violência contra as mulheres e pedimos respeito ao Nordeste e à Constituição", destaca Cícera. O dia hoje será de oficinas no Parque da Cidade. Amanhã será realizada uma marcha pelo ministérios até o Congresso.

Protestos
Hoje é o Dia Nacional de Mobilizações, Paralisações e Greves Contra a Reforma da Previdência, em Defesa da Educação e por Empregos.

"Esse é o caminho a seguir: resistência e luta organizada, unificada e incansável", afirma o presidente Nacional da CUT, Vagner Freitas.

Protestos pelo Ceará e Brasil
Protestos no Ceará

Cariri - Juazeiro do Norte

Credi 19 - 8 horas

Cascavel

Praça de São Francisco - 9 horas

Crateús

Banco do Brasil - 7h30min

Fortaleza

Praça da Gentilândia - 8 horas

Iguatu

Praça da Caixa - 7h30min

Itapipoca

Praça do Cafita - 8 horas

Limoeiro do Norte

Praça do BNB - 8 horas

Morada Nova

Praça da Matriz - 7h30min

Russas

Secretaria de Saúde - 7h30min

Sobral

IFCE - 18h30min

Tabuleiro do Norte

Igreja Matriz - 8 horas

Outros estados

Bahia

Goiás

Maranhão

Mato Grosso do Sul

Minas Gerais

Paraíba

Pernambuco

Piauí

Paraná

Rio de Janeiro

Rio Grande do Norte

Rondônia

Roraima

Rio Grande do Sul

Santa Catarina

São Paulo

Tocantins

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Após quase dois anos de um casamento que rendeu diversas alegrias para a torcida tricolor, Rogério Ceni encerrou, neste domingo (11), sua vitoriosa passagem pelo Fortaleza.  No comando da equipe desde novembro de 2017, o técnico aceitou a proposta do Cruzeiro e acertou sua transferência para Belo Horizonte.

Rogério Ceni comandou o último treino neste domingo e não viaja para o jogo contra o CSA, em Maceió, nesta segunda-feira (12). Nesta partida, o time será comandado pelo técnico do Sub-20, Marconne Montenegro.

Em publicação no Instagram, o Fortaleza agradeceu Rogério Ceni e informou que será ressarcido através de multa contratual.

Principal protagonista do período mais vitorioso da história recente do Leão, Ceni deixa o clube após levantar três troféus, incluindo dois que o Fortaleza nunca havia conquistado: a Copa do Nordeste e, principalmente, o título do Campeonato Brasileiro da Série B.

Após a demissão de Mano Menezes, na última quarta-feira (7), Ceni chegou a se tornar o segundo treinador com mais tempo à frente de um time na Série A do Brasileiro, atrás apenas de Renato Gaúcho, do Grêmio. Os mais de 630 dias de trabalho no Pici, inclusive, reforçam o quão produtivo foi o casamento entre o técnico e o Fortaleza, que devolveu a Ceni o prestígio abalado em sua primeira experiência como treinador, no São Paulo, e recebeu, em troca, o DNA vencedor e ambicioso do ex-goleiro.

RECUSA AO ATLÉTICO-MG
Em abril deste ano, após conquistar o Campeonato Cearense, Ceni foi sondado pelo Atlético-MG, maior rival do Cruzeiro, mas decidiu permanecer no Fortaleza, com quem viria a conquistar a Copa do Nordeste pouco tempo depois, em maio.

Na ocasião, o técnico chegou a conversar com o diretor de futebol do Galo, Rui Costa, mas as negociações não avançaram. Além de achar que não era o momento de deixar o Leão, Ceni também decidiu ficar por questões pessoais, uma vez que estava preocupado com o pai, Eurydes, internado por complicações de saúde.

LEGADO
Com filosofia de trabalho focada no esquema 4-2-4, com quatro atacantes móveis, Ceni implantou uma ideia de jogo ofensiva e ajudou na maior profissionalização do Fortaleza, contribuindo até nas reformas realizadas no Estádio Alcides Santos. Além da metodologia de treinos, o técnico também orientou na alimentação e preparação física dos atletas.

Em um dos momentos mais marcantes de sua passagem pelo Leão, quando enfrentou o São Paulo pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico, maior ídolo da história da equipe paulista, foi homenageado pelas duas torcidas em um Castelão lotado, com direito a mosaico duplo com a frase "Gratidão Ceni" e outro em 3D, onde aparecia ao lado dos jogadores. Naquele momento, com lágrimas nos olhos, Rogério entendeu que também havia se tornado o "mito" do tricolor cearense.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

O Fortaleza fechou a contratação de Zé Ricardo para o comando técnico. Ele chega após a saída de Rogério Ceni, que aceitou a proposta do Cruzeiro. Zé Ricardo tem passagens por Flamengo, Vasco e Botafogo. A estreia à frente do Tricolor será diante do Internacional, no próximo sábado, 17, na Arena Castelão, pela 15° rodada do Brasileirão.

O treinador tem como principais feitos o título do Campeonato Carioca de 2017, pelo Flamengo, e a classificação à Copa Libertadores da América de 2018, pelo Vasco da Gama.

O anúncio oficial da contratação de Zé Ricardo foi feito nesta tarde, no site oficial do Fortaleza. O contrato dele tem duração até o fim do Campeonato Brasileiro. O treinador trará o auxiliar Cléber dos Santos e o preparador físico Ricardo Henriques Pinto para compor sua comissão técnica. O novo técnico do Fortaleza chega à capital cearense amanhã, 13, às 15h50min.

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Sem fazer muita força, o Ceará atropelou a Chapecoense no Castelão por 4 a 1 neste sábado, 10. O placar poderia ter sido bem mais elástico, não fosse a intervenção do árbitro de vídeo, que culminou em outros dois tentos anulados - sendo um deles incontestável por parte do Vovô. O resultado levou o alvinegro cearense para a primeira parte da classificação, na 7ª posição.

Thiago Galhardo foi o grande nome da partida. Ele marcou três gols, sendo um deles de pênalti, chegou aos sete tentos com a camisa do Ceará e se isolou na artilharia do time. O outro gol do Vovô foi de autoria de Felippe Cardoso, que até fez mais um, mas o árbitro entendeu falta no goleiro Tiepo no lance anterior a finalização do centroavante.

A Chape chegou a diminuir com Renato Kayser, mas não evitou a oitava derrota na Série A e agora é a pior defesa disparada do certame com 26 gols sofridos em 14 jogos. O time catarinense também se afundou ainda mais na zona de rebaixamento, caindo para a 18ª colocação.

Com duas vitórias consecutivas, o Ceará chegou aos 20 pontos e ganha confiança para a sequência da competição. O próximo desafio do Vovô será domingo, 18, no Morumbi, contra o São Paulo.

Gols

Nos acréscimos do primeiro tempo, aos 50 minutos, Ricardinho cobrou falta na cabeça de Galhardo, que veio de trás para testar a bola e abrir o placar. Na segunda etapa, aos 11 minutos, Felippe Cardoso, na grande área, cortou pra dentro de bateu forte, vencendo o goleiro Tiepo.

O terceiro gol saiu quatro minutos depois. Thiago Galhardo cobrou pênalti com força e ampliou. Os outros dois tentos saíram na reta final do jogo. Aos 43, Renato Kayser aproveitou cruzamento na área do Ceará e desviou de cabeça, mandando a bola no cantinho direito. Nem deu tempo de comemorar. No lance seguinte, num contra-ataque rápido, Galhardo recebeu bola com açúcar para apenas tocar pro gol. O goleiro apenas observou.

Copyright © 2019 Você por dentro de tudo. Todos os direitos reservados.
Partner by Joomla Perfect Templates