Programa Dentro e Fora da Lei - ao vivo a partir das 9:00 da manhã,

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

O Governo do Ceará entregou nesta quinta-feira, 11, aos representantes das 20 Coordenadorias Regionais de Desenvolvimento da Educação (Credes), o plano de metas traçadas para o ensino médio da rede pública no Estado em 2019. Atualmente, a rede é formada por 727 escolas, com cerca de 450 mil alunos.

 

Durante o encontro, o governador Camilo Santana (PT) definiu como prioridade "zerar o abandono escolar". Em 2018, o Ceará atingiu o menor índice de evasão em sua história, quando 5% dos estudantes que realizaram matrícula no ensino médio abandonaram a escola. O índice tem caído continuamente desde 2007, quando o percentual chegava a 16,4%. Nos anos seguintes, a única exceção foi 2016, que permaneceu com os mesmos 8,9% de 2015.

Conforme material publicado no site do Governo do Estado, Camilo Santana definiu como "ousadas" as metas repassadas aos titulares das Credes, mas ressaltou que elas são "perfeitamente alcançáveis". As metas não foram detalhadas.

Estiveram presentes no encontro a vice-governadora, Izolda Cela, a Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor), além da secretária da Educação, Eliana Estrela. A titular da pasta ressaltou que cada escola e Crede têm objetivos individuais a serem alcançados. “Foi conversado que estratégias ainda usar; quais os programas e projetos que avaliamos como bons para que a gente possa continuar avançando; e o que podemos avançar mais. Foi muito simbólico para a gente”, disse.

Ainda no site do Governo, Eliana Estrela citou novos projetos a serem realizados para melhorar os resultados da aprendizagem dos alunos no ensino médio. Entre eles, a ampliação da matrícula em escolas de tempo integral, expansão dos Centros Cearenses de Idiomas, os programas “Nem 1 Aluno Fora da Escola”, “Superação” e “Minha Escola é Minha Comunidade”

Copyright © 2019 Você por dentro de tudo. Todos os direitos reservados.
Partner by Joomla Perfect Templates