Programa Dentro e Fora da Lei - ao vivo a partir das 9:45 da manhã,

0
0
0
s2smodern
powered by social2s

Chegou a 40, o número de chefes de facções criminosas do sistema penitenciário do Ceará transferidos para presídios federais, segundo o governo.

Nesta quinta-feira (10), 19 presos deixaram o Estado para se juntar aos outros 21 líderes que já haviam sido transferidos, segundo o governador Camilo Santana.

No terminal do Antônio Bezerra, a frota de ônibus circula normalmente na manhã desta sexta-feira (11) e há policiais fazendo a segurança do local.

Apenas a linhas 243-Parque Universitários/Antônio Bezerra foi retirada de circulação porque passa por áreas perigosas, segundo o Sindiônibus.

O tráfego de veículos está liberado sobre e abaixo do viaduto sobre a a Av. Washington Soares, em Messejana.

Por volta das 22h de quinta-feira (10), uma forte explosão no local foi ouvida em bairros de toda a Capital. A polícia isolou a área porque bombas não detonadas foram encontradas no viaduto e havia o risco de uma nova explosão.

Uma tentativa de incêndio foi registrada a uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) estacionada no pátio do Hospital Municipal Dr. Argeu Gurgel Braga Hersbster, no município de Maranguape, na Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo um funcionário da UPA de Maranguape, o ataque foi registrado por volta das 2h desta sexta-feira (11).

Quatro homens com coquetéis molotov chegaram em um carro e jogaram o artefato. Vigilantes e funcionários do hospital conseguiram controlar as chamas. Ninguém foi preso. O atendimento tanto no Hospital de Maranguape como na UPA da cidade seguem normalmente. A segurança é feita por equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal.

Mesmo após o segundo ataque, o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) no Conjunto Palmeiras, em Fortaleza, continuava sem policiamento na manhã desta sexta-feira (11). Nenhuma viatura foi vista no local.

A equipe de reportagem foi orientada a se retirar por um grupo que se identificou como moradores da região.

O Cras foi incendiado nesta madrugada. O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o fogo, que danificou a rede elétrica do prédio, deixando-o sem energia.

A Polícia Militar apreendeu 8 artefatos explosivos embaixo do viaduto do Conjunto Esperança, em Fortaleza, na noite desta quinta-feira (10). O material foi encontrado durante uma patrulha pela região.

Segundo a polícia, o material apresentava características de que havia sido acionado, porém não detonou. O esquadrão antibombas esteve no local para fazer a retirada dos artefatos.

O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) no Conjunto Palmeiras, em Fortaleza, foi incendiado na madrugada desta sexta-feira (11). A informação foi confirmada pela polícia militar.

Bombeiros estão no local para combater o incêndio. O fogo danificou a rede elétrica do prédio, que ficou sem energia.

O prédio do Centro Comunitário Padre Guilherme Wassen, localizado na Rua Boaventura, no Bairro Dias Macedo, foi incendiado na madrugada desta sexta-feira (11).

Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para o local para controlar as chamas. A Polícia Militar também se encontra no local.

Uma forte explosão foi ouvida em Messejana e em bairros vizinhos na noite desta quinta-feira (10). A origem foi uma tentativa de ataque ao viaduto da CE-040.

A polícia está no local e isolou a área do elevado. Os agentes pedem para que as pessoas permaneçam a uma distância de pelo menos 3 quarteirões, pois uma das bombas não foi detonada e há risco de uma nova explosão.

O terminal de ônibus do Antônio Bezerra está pouco movimentado na noite desta quinta-feira (10). Algumas pessoas estão nas plataformas a espera de um coletivo. Quem passou pelo terminal pode perceber a presença de policiais.

Mais nove suspeitos foram capturados por danos aos postes de iluminação pública, em Fortaleza e na Região Metropolitana. Os trabalhos foram realizados pela Polícia Militar do Ceará em bairros da Capital e da cidade de Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), nesta quinta-feira (10).

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) já havia divulgado, nessa quarta-feira (09), as prisões e apreensões de sete indivíduos envolvidos nesse tipo de crime.

De acordo com a SSPDS, os suspeitos estavam quebrando as lâmpadas dos postes, na Rua dos Parlamentares no bairro Vicente Pinzón. Alguns suspeitos ainda tentaram fugir quando perceberam a presença dos policiais.

O governador Camilo Santana anunciou que nas próximas horas vai realizar a transferência de mais 20 chefes de facções do sistema penitenciário do Ceará para um presídio federal.

O anúncio foi dado durante uma reunião entre os três poderes e representantes de entidades na tarde desta quinta-feira (10), no Palácio da Abolição.

"Já transferimos 21 chefes de grupos criminosos e, nas próximas horas, vamos transferir mais 20. A minha decisão é não recuar nenhum milímetro", disse Camilo.

O chefe do executivo informou ainda que já foram realizadas 287 prisões nos últimos dias, reforçou a importância do apoio de diferentes setores e garantiu que o Estado não vai recuar no combate ao crime.

Um adolescente suspeito de participar do ataque a uma caminhonete foi apreendido na noite desta quinta-feira (10), em Maracanaú. Segundo a polícia, horas depois do ataque ao veículo que era usado para puxar um trenzinho, um adolescente que estava em uma motocicleta com um outro suspeito foi apreendido quando trafegava no centro de Maracanaú.

O motorista da moto conseguiu fugir. A polícia conseguiu chegar ate à casa do condutor da moto, mas não havia ninguém no local. Lá, os agentes apreenderam restos de materiais que teriam sido usados para incendiar o veículo no bairro Jereissati I, horas mais cedo. Havia ainda um carro com placas clonadas. Segundo a polícia, o veículo encontrado teria sido roubado no bairro Bom Jardim.

O número de pessoas presas ou apreendidas suspeitas de participação nos ataques criminosos subiu para 287. O balanço corresponde ao registrado até as 17h desta quinta-feira (10), segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSPDS).

Um homem foi preso na tarde desta quinta-feira (10) armazenando 60 litros de combustível em casa, em Maracanaú. Policiais receberam a denúncia informando que o destino era ataques a ônibus e repartições públicas. Ao ser abordado pela polícia, Antônio Cleiton da Silva alegou que o combustível era apenas para uso particular.

O inspetor-chefe da Delegacia de Maracanaú, Antônio Morais, afirmou que mesmo o armazenamento para uso próprio é crime, com pena de reclusão de um a cinco anos. A equipe de investigação vai pedir autorização judicial para acesso ao celular de Antônio Cleiton, já que ele não permitiu que os policiais vissem o aparelho. A intenção é averiguar se ele tem ligação com algum grupo criminoso.

O suspeito já foi preso anteriormente por homicídio.

O sistema de transporte público opera sob novo modelo durante o período de ameaças de ataques em Fortaleza, conforme definido pela Etufor e pelo Sindiônibus. De acordo com a Secretaria da Consevação e Serviços Públicos (SCSP), a partir das 20h o sistema vai operar com um menor número de veículos, já que a demanda é muito reduzida, principalmente no período de férias. Todos os ônibus terão policiais embarcados e seguem rumo aos terminais.

Também a partir das 20 horas, começa a operação embarcada, com policiais a bordo, em parte do sistema complementar que opera especialmente entre terminais. O sistema alimentador (bairro-terminal) vai operar somente com a frota de ônibus com policiais embarcados, assim como o sistema troncal nas linhas dos principais corredores.

O sistema de vans será encerrado às 21h, ficando somente os ônibus guardados. Depois das 21h, circulará uma frota com 161 ônibus, em regime semelhante ao do Corujão.

Um veículo que era usado para puxar um trenzinho foi atacado na rua 37, no bairro Jereissati I, em Maracanaú.

Segundo a polícia, no momento em que o proprietário retirava a caminhonete da garagem para fazer a junção com o trenzinho, dois homens em uma moto chegaram e atearam fogo. Os suspeitos fugiram em seguida.

As chamas atingiram apenas a parte interna do veículo, como bancos, piso e teto.

A Cooperativa dos Transportadores Autônomos de Passageiros do Estado do Ceará (Cootraps) informou que os veículos do transporte alternativo vão operar até as 19 horas desta quinta-feira (10).

O motivo é a falta de segurança e os ataques ocorridos durante esta quinta-feira. Alguns veículos foram recolhidos para a garagem. Nesta tarde, a cooperativa está operando com 139 veículos.

Um caminhão que faz a coleta de lixo foi incendiado na tarde desta quinta-feira (10), no bairro Ancuri. Segundo a polícia, três suspeitos se aproximaram e jogaram um coquetel molotov na cabine do veículo.

O artefato chegou a pegar na calça de um dos ocupantes mas ele conseguiu sair rapidamente e não se feriu. Uma guarnição do Corpo de Bombeiros chegou ao local e debelou as chamas.

Algumas casas próximas tiveram os registros de medição da Cagece queimados. Não houve feridos. Ninguém foi preso até o momento.

O terminal do Siqueira permanece funcionando normalmente durante esta quinta-feira (10), assim como todos os outros terminais de ônibus de Fortaleza, de acordo com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). Na manhã desta quinta, um ônibus foi incendiado entre as Ruas J e E, no Siqueira.

A Etufor informou ainda que o sistema de transporte coletivo da capital está operando em alguns horários até com super-ofertas.

Copyright © 2019 Você por dentro de tudo. Todos os direitos reservados.
Partner by Joomla Perfect Templates