Tv ao Vivo

Nesta sexta-feira (17) subiu para 3.092 o número de assassinatos no Ceará neste ano. Somente nas últimas 24 horas, 11 pessoas foram mortas no estado, sendo quatro homicídios nas ruas da Capital, cinco no interior e mais dois crimes de morte na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). As 11 pessoas executadas eram do sexo masculino e 10 foram atingidas a tiros.

Em Fortaleza, quatro homicídios mobilizaram equipes das polícias Civil e Militar e da Perícia Forense (Pefoce) para os bairros Granja Lisboa, Canindezinho, Parangaba e Edson Queiroz. Na Região Metropolitana (RMF), ocorreram assassinatos em Aquiraz e Caucaia. Já no interior, foram mais cinco casos, nos seguintes Municípios: Pacoti, Itarema, Viçosa do Ceará e Guaraciaba do Norte, no Interior Norte; além de Limoeiro do Norte, no Interior Sul.

Um dos crimes registrados na Capital ocorreu por volta de 10h57, quando o corpo de um jovem foi encontrado por populares em um matagal próximo à Avenida General Osório de Paiva, no bairro Canindezinho (zona sul). O cadáver apresentava marcas de tiros e a vítima foi identificada como Davi Almeida da Silva, 23 anos.

No bairro Edson Queiroz, um jovem de aproximadamente 25 anos, foi assassinado a tiros na comunidade São Luís, por volta de 18 horas. O crime ocorreu na Rua Otávio Rocha. A vítima estaria ameaçada de morte e fugia da Favela da Baixada, quando foi perseguida e morta com tiros nas costas e cabeça. Não portava documentos e, portanto, não foi identificada.

Em Parangaba, ocorreu um tiroteio às 16h30 na Rua Cândido Holanda, ao lado do Terminal da Lagoa. No confronto armado, um rapaz de 19 anos foi baleado e morto. Tratava-se de Reinaldo Ramos da Silva. Segundo apurou a Polícia, ele havia marcado um encontro para a venda de uma motocicleta e acabou sendo atraído para o local do crime. Outro homem, identificado por Francisco Jaílson da Silva, 34, foi baleado e socorrido por uma equipe do Samu.

No bairro Itambé 2, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), outro jovem, Igor Alves Maciel da Silva, 20 anos, foi assassinado, a tiros, dentro de uma lanchonete na Rua Francisco Ferreira da Silva. A Polícia apourou que a vítima era usuária de drogas e, supostamente, estaria devendo dinheiro a traficantes da região.

No Interior

Na localidade de Ipu, Distrito de Tomé, na zona rural do Município de Limoeiro do Norte (a 163Km da Capital), foi encontrado, por volta de 6 horas, o corpo do agricultor Francisco Evangelista Rodrigues, 55 anos. Segundo a Perícia, ele teria sido morto a golpe de faca.

Em Guaraciaba do Norte (a 315Km de Fortaleza), o comerciante Antônio Ribeiro de Sousa, 37 anos, foi morto a tiros em seu ponto comercial, por volta de 21 horas desta quinta-feira.

O cadáver de um jovem foi encontrado por populares na noite desta quinta (16), na localidade de Pindaré, na zona rural de Viçosa do Ceará (a 344Km de Fortaleza). O corpo estava em estado de decomposição, sendo a vítima identificada como Jéferson dos Santos Silva, 17 anos, residente na Vila Sebastião Dantas, no Bairro Portelinha, em Viçosa.

A Perícia encontrou no local cápsulas de calibre 38 e .40 o que evidencia o crime de execução. De acordo com informações da Policia, o adolescente estava desaparecido desde a manhã do domingo, (12), quando foi visto sendo levado do bairro onde mora, por quatro indivíduos possivelmente ligados a facções criminosas, os quais estavam armados e conduziam um veículo Pálio de cor prata.

A Polícia registrou, ainda, nas últimas 24 horas, assassinatos em Itarema e Pacoti.

0
0
0
s2sdefault

Assumiu a Prefeitura de Quixadá, na tarde desta sexta-feira (17), de forma interina, João Paulo de Menezes Furtado ( NA FOTO,COM MICROFONE ), após afastamento de 180 dias do prefeito Ilário Marques.

Até então, ele ocupava o cargo de vice-prefeito. Para poder assumir o comando da gestão municipal de Quixadá, João Paulo desistiu da candidatura de deputado estadual pelo Patriota.

A posse do prefeito interino foi realizada pelo vice-presidente da Câmara de Vereadores, Darlan Piaba. Isso porque o presidente da Câmara, o vereador Ivan Benício, conhecido como "Ivan Construção", não compareceu à cerimônia.

João Paulo prestou juramento durante sessão extraordinária da Câmara Municipal e cumpriu as demais formalidades legais na cerimônia de posse. Em seu discurso, o prefeito interino destacou que pretende administrar o município de forma justa e pacífica.

Durante a posse, pessoas que foram aprovadas no concurso público de Quixadá realizaram manifestação para cobrar convocação.

Entenda
Ilário Marques foi afastado, na última quinta-feira (16), após decisão do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) por crimes de falsidade e desvio de dinheiro público no serviço da coleta de lixo de Quixadá.

Batizada por "Fiel da Balança", a operação do Ministério Público do Ceará (MPCE) cumpriu mandados de busca e a apreensão em, Quixadá e em Fortaleza. No município do Sertão Central, a polícia civil esteve na prefeitura e em residências de agentes públicos e privados. Além disso, as pessoas investigadas tiveram sigilos fiscais e bancários quebrados por determinação da Justiça.

Também foram afastados três secretários da gestão de Ilário Marques.

O MPCE encabeça a operação, por meio da Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), e conta com o auxílio do Núcleo de Investigação Criminal (Nuinc), Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e Promotorias de Quixadá, além do apoio da Polícia Civil do Estado.

0
0
0
s2sdefault

Ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinaram o desmembramento da ação penal através da qual é investigado esquema de venda de liminares nos plantões do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE). As peças do processo que dizem respeito aos desembargadores aposentados Váldsen Pereira e Francisco Pedrosa serão enviadas à 15ª Vara Criminal de Fortaleza. Já os trechos que se referem à desembargadora Sérgia Miranda permanecerão na Corte Superior, em Brasília.

A 15ª Vara Criminal, do juiz Fabrício Vasconcelos Mazza, é a mesma que acolheu, em maio do ano passado, o inquérito contra o desembargador aposentado Paulo Timbó, também investigado. À época, ao receber a ação contra Timbó, Mazza interrompeu uma sequência de dez outros magistrados que, durante três meses, se declararam impedidos de assumir a condução processual do caso. A maioria alegou a motivação de "foro íntimo". O episódio causou constrangimentos na Corte cearense.

Já em novembro do ano passado, Váldsen, Pedrosa e Miranda foram denunciados pelo Ministério Público Federal (MPF) por atos de corrupção passiva, decorrentes de suposto recebimento de dinheiro em troca de decisões judiciais favoráveis a criminosos, reveladas durante a operação Expresso 150, da Polícia Federal. Conforme a PF, as liminares eram concedidas pelo valor de R$ 150 mil.

Agora, o STJ decidiu dividir a acusação em "núcleos" vinculados a cada um dos três magistrados, visto que eles, quando do suposto cometimento dos crimes, teriam adotado "condutas autônomas e independentes entre si".

Na ementa, o MPF se posicionou favoravelmente ao desmembramento no caso de Váldsen Pereira, aposentado compulsoriamente em 17 de novembro de 2014, visto que a decisão "nenhum prejuízo trará à elucidação dos fatos".

Quanto ao desmembramento no caso de Francisco Pedrosa, aposentado no último dia 22 de maio, o Ministério Público destacou que a denúncia já havia "fatiado as condutas dos réus em três núcleos diversos" e que os delitos que seriam relacionados a Pedrosa podem ser "processados e julgados de modo independente" dos que dizem respeito ao núcleo de Sérgia Miranda, também sugerindo a remessa dos autos à Justiça do Ceará.

A decisão teve como base a jurisprudência de decisões do próprio STJ, e também do Supremo Tribunal Federal (STF), da prerrogativa de foro. Váldsen e Pedrosa já estão aposentados e perderam o foro privilegiado. A situação é a mesma de Timbó, que perdeu o foro privilegiado ao se aposentar. Já Sérgia Miranda, única magistrada ainda em atividade, apesar de afastada, mantém o foro por prerrogativa de função e continuará sendo julgada no STJ. (colaboraram Cláudio Ribeiro e Demitri Túlio)

Núcleos de atuação desmembrados

No grupo que inclui a desembargadora Sérgia Maria Mendonça Miranda constam os seguintes nomes: Frankraley Oliveira Gomes, empresário, então namorado da magistrada; Michel Sampaio Coutinho, advogado suspenso na OAB-CE; Carlos Eduardo Miranda de Melo, advogado; Cláudia Adrienne Sampaio de Oliveira, advogada; Paulo Fernando Mendonça, gerente/ preposto de Frankraley; Jéssica Simão Albuquerque Melo, advogada e esposa de Michel Coutinho; e Mauro Júnior Rios, advogado suspenso na OAB-CE.

O núcleo do desembargador Francisco Pedrosa Teixeira também inclui o advogado Michel Coutinho, além de sua esposa e advogada, Jéssica Melo, e o advogado Mauro Rios. Todos serão julgados nas duas esferas. Os advogados Marcos Paulo de Oliveira Sá e Adailton Freire Campelo também estão incluídos, juntamente com a esposa de Pedrosa, Emília Maria Castelo Lira.

Já no núcleo do desembargador Váldsen da Silva Alves Pereira, o único citado é José Joaquim Mateus Pereira, conhecido como "Zé Galinha", advogado suspenso na OAB-CE.

Saiba Mais

A operação Expresso 150 foi deflagrada em junho de 2015, como desdobramento da operação Cardume, ambas da Polícia Federal. Na investigação da Cardume, de 2013, foram descobertos indícios de venda de decisões nos plantões do TJCE.

Telefonemas interceptados pela PF revelaram conversas articulando alvarás de soltura ou provimento de pedidos. Os valor seria, "em regra", de R$ 150 mil.

Conforme publicação do último dia 8, o pleno do TJCE aprovou instauração de dois novos Processos Administrativos Disciplinares (PADs) contra os desembargadores Francisco Pedrosa e Sérgia Miranda, alvos da Expresso 150. Foi determinado afastamento de Sérgia até conclusão do PAD. Ela já estava afastada em razão do processo criminal. Pedrosa está aposentado desde maio.

0
0
0
s2sdefault

Pesquisa do Ibope, contratada pela TV Verdes Mares, pontua que os percentuais de votos nulos e os dos eleitores que não sabem ou não responderam quanto a escolha para o Senado são maiores que os apontados para governador e presidente da República. Depois de Cid e Eunício, o candidato do PROS, Eduardo Girão, foi o que melhor pontuou. Ele alcança 9%, contra 6% da companheira de coligação, Dra. Mayra (PSDB), a quinta colocada, pois o candidato do PSL, Pastor Pedro Ribeiro, obteve 7% das intenções de votos.

> Ceará: veja a pesquisa para governador e presidente

Neste ano, todos os estados e o Distrito Federal elegerão dois senadores, renovando em dois terços o Senado. Diferentemente da eleição para deputado, a de senador é majoritária, vencendo os dois mais votados, da mesma coligação ou não. Dos dois senadores que terminam mandato, só Eunício é candidato. José Pimentel (PT), o outro, desistiu.

0
0
0
s2sdefault

O Ibope divulgou nesta quinta-feira, 16, a primeira pesquisa sobre a eleição no Ceará. Camilo Santana (PT) tem 64% das intenções de voto.

Números da pesquisa Ibope para governador do Ceará
Confira os números do Ibope:

Camilo Santana (PT) - 64%

General Theophilo (PSDB) - 4%

Ailton Lopes (Psol) - 2%

Hélio Góis (PSL) - 2%

Gonzaga (PSTU) - 2%

Mikaelton Carantino (PCO) - não pontuou

Brancos e nulos somam 17%. Não sabem ou não responderam 9% dos entrevistados.

Candidatos a governador do Ceará
Sobre o assunto
General inicia campanha ao lado de Tasso e Wagner e come pastel no Centro
Ailton Lopes, do Psol, é o segundo candidato a governador entrevistado
Em 1º ato de campanha, Camilo destaca "privilégio" de ter dois candidatos a presidente: Lula e Ciro
Ibope para Senado: Cid tem 55% e Eunício, 37%
Camilo apresenta menor rejeição; General e Ailton têm as maiores, com 30%
Foram ouvidos 1.204 eleitores no Estado do Ceará, entre os dias 10 e 16 de agosto.

A margem de erro máxima é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança estimado é de 95%.

O levantamento foi contratado pelo Sistema Verdes Mares e está registrado na Justiça Eleitoral com o número CE-04197/2018.

0
0
0
s2sdefault